4 de julho de 2017

As armas satânicas.

Sem estar consciente, a raça humana é confrontada por um terrível inimigo ao qual a Bíblia chama de Satanás, que é a palavra hebraica que significa: “adversário”. Do início da história humana, no jardim do Éden, Satanás sempre tem enganado as pessoas e continua a fazer isso, usando os mais variados artifícios (Efésios 6.11). Ele não hesita em atacar com as armas mais apropriadas, que vão desde a tentação e pecados grosseiros passando por elogios que adulam os mais nobres instintos. Entre essas nós encontramos:

1. Escravidão a paixões degradantes;
2. Uma cobiça tirânica nunca satisfeita, que conduz à violência, corrupção e avareza;
3. Práticas ocultas e o engano daqueles que fazem negócio com a saúde e a felicidade;
4. A escravidão ao mundo da internet e dos videogames, o redemoinho de eventos sociais: festas, entretenimento e jogos;
5. Uma sede pelo poder, honra ou a tirania dos negócios. Nada é negligenciado por Satanás. Ele explora cada inclinação, gosto ou fraqueza. Ele usa quaisquer meios, até mesmo aqueles que são dons de Deus, com objetivo de conduzir os indivíduos a consagrarem seus corações e vidas ao que ele oferece. Mas Satanás foi definitivamente vencido por Cristo e ele sabe disso. Agora o cristão tem o poder por meio da Palavra de Deus de repelir todos os seus ataques: “Sujeitá-vos a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós” (Tiago 4:7).

Fonte: Boa Semente. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário