18 de junho de 2017

De Abraão ao Evangelho.

Foto: Bolsa Blindada. 
Mateus pretendeu relacionar a origem de Jesus com o “pai da fé” Abraão. Pois, a ele Deus prometeu: “em ti serão benditas todas as nações”. Por isso, já na genealogia, o olhar volta-se para a conclusão do Evangelho, onde o Ressuscitado diz aos apóstolos: “Fazei que todas as nações se tornem discípulos” (Mateus 28.19), cumprindo a promessa feita a Abraão. A partir do evangelho todas as nações são benditas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário