28 de maio de 2017

Apóstolo Tomé.

Foto: J.N
Job. Nascimento

Ontem meditamos sobre a vida do apóstolo Tomé. Esse apóstolo era conhecido pela sua racionalidade, só acreditava naquilo que era palpável, visível.  As vezes nos comportamos como Tomé, cobramos demonstrações claras e visíveis de Deus em nosso cotidiano. Entretanto, é preciso darmos um salto de fé, abandonando a razão para chegarmos a Deus. Jesus ensina: "bem-aventurado aqueles que não viram, mas creram". Tomé nos deixou lições preciosas. Como a humildade e submissão ao senhorio de Cristo "Deus meu e Senhor meu". Ele foi missionário nas índias. Cada discípulo tinha uma personalidade, um jeito, uma profissão. Não por acaso o Senhor os chamou, representando um grupo específico. O Senhor nos chama para sermos testemunhas com nossa personalidade e jeito. Que sejamos benção em nosso grupo, tribo, povo.

Abraço, Nele que nos ama, chama e revela, apesar de nossa descrença.

Nenhum comentário:

Postar um comentário