4 de maio de 2016

Pasadena do Japão.

Foto: O Globo
O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, mandou para a 13ª Vara Federal, em Curitiba, um dos depoimentos da delação premiada do senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS), que trata da refinaria de Okinawa, no Japão. A unidade foi comprada pela Petrobras por cerca de US$ 72 milhões, de acordo com o senador, em 2008. A vara comanda os trabalhos da “lava jato” na primeira instância e é comandada por Sergio Moro. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário