21 de julho de 2015

A atividade cristã.

Charles Spurgeon


Como fico contente pelo fato de que alguns cristãos se preocupem mais com seus pés do que com suas cabeças! Quando a cabeça de uma criança cresce demais, isto é sinal de que sofre de uma terrível enfermidade. Creio que há irmãos que sofrem de coisa semelhante, pois quando tratam de caminhar, andam tropeçando, pois estão ocupados demais com complicados problemas doutrinários em lugar de olhar, como deveriam olhar o aspecto prático do cristianismo. Certamente, devemos estudar as doutrinas, mas também os preceitos. Tenhamos uma experiência interior, mas tenhamos também essa santidade exterior, sem a qual ninguém verá a Deus. “Andamos”. Nem todos podem dizer isto. Poderão dizer: “falamos; pensamos; experimentemos; sentimos”. Mas, o verdadeiro cristão pode dizer como o apóstolo Paulo: “andamos”. Permita Deus que nós possamos dizer também.

Nenhum comentário:

Postar um comentário