6 de março de 2015

Estado Islâmico e homossexuais.

Geremias Couto

O Estado Islâmico lançou, hoje, um jovem gay do alto de um prédio na Síria, que ainda foi apedrejado após a queda por pessoas reunidas ao pé do edifício. É um ato que merece repulsa tanto quanto a execução maciça de cristãos por esse grupo terrorista. Mas trago a notícia à baila para saber se aquele famoso deputado, cujo nome me recuso a mencionar, vai reunir as entidades de direitos humanos para protestar contra essa violência. Não acredito. Há um alinhamento político natural entre a esquerda e os países islâmicos, que o obriga a ficar de boca fechada. Mas por aqui é só alguém pregar contra a homossexualidade que ele abre o bico. Estranho mundo esse nosso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário