15 de julho de 2014

"A lei moral" (Ernest Kevan).

A falta de preocupação com a Lei Moral deve-se à secularização da sociedade, que tem buscado destruir padrões éticos. O sistema educacional em nosso país tem tentado, ao longo dos últimos cinqüenta anos, estabelecer uma sociedade amoral. Igualmente sério na Igreja é o que algumas denominações evangélicas e igrejas têm feito com a pregação, que dá uma ênfase excessiva ao amor e à graça de Deus e nunca mostra ao pecador a santidade do Deus contra o qual ele peca. Inúmeras pessoas que ouviram que estão unidas a Cristo por meio da salvação, nunca aprenderam a Lei de Deus e que o pecado é a separação de Deus. Consequentemente, elas nunca chegam a saber que a morte de Cristo na cruz aconteceu para cumprir a justiça eterna de Deus para que a livre graça imerecida tivesse significado real.

Nenhum comentário:

Postar um comentário